Arquivo mensal: fevereiro 2016

Respeite seu adversário!

É um cena comum ao assistirmos competições esportivas: após muito esforço e desgaste, um dos competidores (ou todos com exceção de um) perde, e outro ganha. Emocionado pela vitória, o vencedor da gritos de alegria, comemora com a torcida, se ajoelha, agradece aos Deuses, faz diversos gestos com as mãos (socos no ar, coisas assim), e, dependendo da sua índole e do respeito (ou da falta de) que tem pelo adversário, de alguma forma o humilha, o xinga, o despreza.  Continuar lendo

Jiu Jitsu Brasileiro

Já falamos sobre o Jiu Jitsu japonês (ou Jujutsu, como preferirem), o sistema de combate que os Samurai desenvolveram para situações onde uma espada não estava disponível ou não era suficiente. A fama do Jiu Jitsu japonês era mundial, isto já no século XIX. Existem explicações: O Japão foi até pouco depois da metade do século citado uma nação fechada, com uma cultura pouco conhecida pelos ocidentais, considerada ‘bizarra’ por muitos (‘exótica’ pelos mais educados). Sabia-se que era um povo guerreiro, Continuar lendo

Judô, Jiu Jitsu e Defesa pessoal

O Judô ou Jiu Jitsu vem sendo considerado uma arte marcial eficaz para defesa pessoal há muito tempo. Na verdade a Defesa Pessoal sempre foi o principal aspecto pelo qual estas artes marciais ganharam fama. Nos últimos anos, porém, há certos indivíduos que tem considerado que as artes marciais tradicionais não são o melhor a nível de defesa pessoal, tendo preferido cada vez mais certas lutas e sistemas desenvolvidos unicamente para defesa pessoal, como o Krav Maga, por exemplo.  Continuar lendo