Jigoro Kano

Jigoro Kano era filho de Jirosaku Mareshiba Kano, funcionário da Marinha Japonesa, e Sadako Kano, filha de um rico fabricante de sake. Tinha dois irmãos e duas irmãs. O sobrenome Kano vem da mãe: seu avô materno não teve filhos homens para herdar seus bens e continuar a familia, por isso Jirosaku consentiu em se tornar membro da família da esposa – um costume comum no Japão antigo, especialmente quando a família da noiva era mais influente ou mais rica.

Jigoro nasceu em 28/10/19860, em Mikage (hoje parte de Kobe), prefeitura de Hyogo. Diz-se que em seus primeiros anos de vida tinha uma saúde debilitada, e nunca cresceu muito, sendo que adulto chegou a apenas 1,50 m e cerca de 48 kg. Quando tinha 9 anos de idade sua mãe faleceu e no ano seguinte seu pai resolveu enviar ele e o irmão para estudar em Tokyo, afim de assegurar uma boa educação aos jovens. Tornou-e um aluno destacado, e estudou em vários e importantes colégios de então, mostrando um desempenho soberbo em idiomas (Kano viria a se tornar poliglota futuramente).

Devido à sua baixa estatura, era frequentemente alvo de chacotas e brincadeiras maldosas dos alunos mais velhos (hoje em dia seria usado o termo bullying). Sentia-se incapaz de se defender de alunos mais velhos e mais fortes, o que feria sua honra. Começou a praticar esportes desde cedo (o Basebol, remo e ginástica, todos esportes ocidentais que foram introduzidos nas escola de elite em que ele estudava), visando se fortalecer, mas ainda não conseguia fazer frente aos colegas das escolas onde estudava em regime de internato. Certa vez, quando tinha 15 anos de idade, ouviu de um frequentador habitual da casa de sua família, Baisei Nakai (que fora membro da guarda dos Shogun anteriormente) que o Jujutsu que era antigamente praticado pelos Samurai era um ótimo exercício físico, e que dava condições de um homem mais fraco defender-se de um mais forte. O sr. Nakai fez uma pequena demonstração das técnicas para Jigoro Kano, e este pediu para ser seu aluno, ao que o sr. Nakai recusou veementemente, dizendo que Jujutsu era uma coisa antiquada e que não deveria interessar a alguém do status de Kano. Acontece que Kano lembrava-se que o antigo porteiro da casa de seu pai (Ryuji Katagiri), assim como um homem chamado Genshiro Imai eram conhecedores de Jujutsu, e visitou ambos buscando este conhecimento, e ambos disseram o mesmo que o sr. Nakai. Jigoro Kano falou então com seu pai, que ficou surpreso pelo interesse do filho, e lhe contou um pouco sobre a história do Jujutsu, sobre as escolas e sobre seu surgimento, mas tentou desestimular o filho da prática, igualmente.

images

Jigoro Kano gostava de roupas e costumes ocidentais, mas sempre foi enfático quanto à necessidade de preservar os costumes antigos japoneses, como o canto, o teatro e também do Budô.

Decidido a encontrar um professor por conta própria, Kano começa a pesquisar por Tokyo, enquanto continua seus estudos. Em 1877 ingressa na Licenciatura de Literatura da Universidade Imperial de Tokyo. Nesta época ele ouviu falar que muitos dos antigos mestres de Jujutsu haviam se tornado osteopatas, e ele passa a procurar em clinicas de osteopatia por mestres de Jujutsu. Sempre que encontrava uma, entrava e perguntava sobre o Jujutsu, mas era sempre mandado embora. Em uma das clínicas que visitou, porém, logrou resultado: o osteopata que ali atendia chamava-se Teinosuke Yagi, e informou que havia aprendido o estilo da Escola Tenshin Shinyo de Jujutsu com o Mestre Isomata Emon, e que tinha inclusive licença (e vontade!) de ensinar, mas que não dispunha de espaço para isso, sendo que estava apenas tratando as pessoas com osteopatia. Mas escreveu uma carta de apresentação para o único mestre que ele conhecia que continuava na ativa, Hachinosuke Fukuda.

Fukuda também trabalhava com osteopatia em sua clínica, mas possuía um espaço maior, e ali Jigoro começou a treinar Jujutsu, após dois anos procurando um mestre que o aceitasse como aluno. Seu pai não ficou contente com a insistência do filho, mas deu a sua benção à prática, desde que Jigoro lhe garantisse que aprenderia bem a Arte. Naquela época Fukuda tinha 7 alunos regulares, sendo dois considerados avançados, mas todos os alunos treinavam juntos. O método de ensino de Fukuda desprezava explicações e apelava para a prática: assim, para ensinar um aluno, Fukuda o derrubava dezenas de vezes, até que este conseguisse entender o funcionamento da técnica. Acostumado com o método de ensino ocidental, Kano estranhou essa metodologia.

Os treinos eram brutais, causando constantes dores em Jigoro, mas mesmo assim ele treinava todos os dias, nem que fosse sozinho. Os treinos de Fukuda tinha Kata e Handori, e entre os alunos o que era mais difícil para Jigoro Kano derrubar era um tal de Kanechiki Fukushima, que pesava mais de 90 kg e era muito forte. Um amigo de Kano, Rysusaku Godai, sugere que ele deveria usar golpes de Sumô para tentar derrotar Fukushima, e sugere que Kano busque aprender algumas técnicas com o cantineiro da universidade, que era praticante de Sumô, um homem chamado Kisoemon Uchiyama. Uchiyama lhe ensina alguns golpes, avisando que a forma de combater do Sumô e do Jujutsu são diferentes, e Kano tenta usar estas técnicas em Fukushima no próximo treino, mas não consegue. Frustrado, Kano decide pesquisar em manuais ocidentais de Wrestling, onde vê uma ilustração de uma técnica que ele julga poder funcionar. Treina ela com seu amigo Godai, e tendo dominado o movimento, tenta por em prática contra Fukushima, logrando exito. Kano acabara de criar uma nova técnica, que ele batizou de Kata-Guruma.

Em 1879 o então ex-presidente do EUA, Ulysses Grant, visitou o Japão em sua viagem de volta ao mundo. Como parte da visita, ele assistiria uma demonstração de Jujutsu. Fukuda foi escolhido para dirigir esta demonstração, e ele escolheu dois de seus alunos, Kano e Godai, para demonstrarem Handori, enquanto ele e um outro mestre do mesmo estilo, Masamoto Iso, demonstrariam o Kata. Grant e sua comitiva se mostram entusiasmados com o Jujutsu, achando que este deveria ser mostrado para todo o mundo, e cumprimentam aos quatro com apertos de mão. Mais tarde o Mestre Fukuda diz aos alunos que os mestres do passado fizeram bem em criar e administrar o Jujutsu, mas que os jovens como eles é que deveriam levar esta arte para o resto do mundo.

Apenas 9 dias após esta apresentação, o Mestre Fukuda morre (com 52 anos), e sua viúva diz que Jigoro Kano deveria continuar a ensinar na escola, algo que ele aceita com relutância. Ele herda os pergaminhos secretos do estilo, e torna-se responsável pelo Dojo, com apenas dois anos de prática. Este fato cria muita pressão sobre ele, que decide procurar o Mestre Iso (então na casa dos 60 anos) para continuar seus estudos, pois acreditava que tinha de ter excelência para poder ensinar. Iso aceita Kano como aluno com alegria, e também se oferece para auxiliar nas aulas do antigo dojo de Fukuda. Nesta época o dojo já contava com 30 alunos.

Em 1880 o Estilo Yoshin de Jujutsu realizou uma demonstração na Universidade Imperial, e Jigoro Kano pediu para fazer Handori com Ichimon Tozuka, filho do Mestre Hikosuke Tozuka, muito famoso na época. Durante o Handori, Kano sentiu a força do estilo Yoshin, e percebeu que o futuro do Jujutsu não estava na separação em várias escolas que preservavam segredos, e sim na união das melhores técnicas de cada uma e na sua evolução. Achava que somente assim lograria sucesso na ideia que Fukuda havia plantado em sua cabeça, de espalhar o Jujutsu pelo mundo.

kano0005

Jigoro Kano bolou o keiko-gi como uniforme de treino, pois considerava o Hakama que era usado até então muito desconfortável.

Em junho de 1881 o Mestre Iso veio a falecer, e no mês seguinte Kano obtêm seu diploma universitário. Ainda achando que precisava de um professor, Kano chega até Tsunetoshi Iikugo, mestre do Estilo Kito de Jujutsu. Este estilo era bem diferente do anterior que Kano havia estudado, e dava grande enfase ao combate com armadura e às técnicas de arremesso. Com a aprovação de Iikugo, Kano funda em 1882 seu próprio dojo, onde passa a apor em prática sua ideia de modernização do Jujutsu. O próprio mestre Iikugo visitava o dojo, fundado dentro de um templo budista, duas a três vezes por semana, a fim de dar instruções – os primeiros 9 alunos de Jigoro Kano vieram todos do dojo de Iikugo, com quem Jigoro Kano continuou treinando até 1885. Neste mesmo ano torna-se reitor de um importante colégio, passando a moderniza-lo. Seu sucesso permite que galgue diversos degraus na carreira docente, ao longo da vida. Torna-se também um diplomata por excelência, e grande entusiasta dos esporte em geral, tendo sido o primeiro japonês membro do Comité olímpico Internacional. É considerado no Japão com Pai do Judô e da Educação Física Integral. Em 1881, por exemplo, fundou o primeiro clube de Basebol do Japão, esporte este que é um dos mais praticados no país no dias atuais. É possível achar facilmente linhas do tempo com os diversos títulos, graus e conquistas que Jigoro Kano alcançou ao longo de sua vida, onde podemos ver como se dedicou à Educação, aos esportes em geral e ao Judô em especifico.

464px-Jigoro_Kano_and_Kyuzo_Mifune_(restoration)

Kano treina com seu aluno Kyuzo Mifune. Um dos principais objetivos do Judô, para Jigoro Kano, era a formação do caráter!

Veio a falecer, vitimado por pneumonia, em 04/05/1938, a bordo de um navio que voltava do Cairo, onde participou de uma conferência do Comitê Olímpico Internacional. Jigoro Kano foi um dos mestres mais influentes do Budô. Sua escola, o Kodokan, era um centro de estudos marciais, na época. Se não tivesse sido por ele, muito do que que conhecemos do Budô e das artes marciais poderia ser muito diferente.

jigoro-kano-trem

Jigoro Kano estava a poucos meses de completar 78 anos quando faleceu em alto mar. Foi um dos mestres mais importantes das artes marciais em todo o mundo, modernizou e padronizou o Jujutsu, criou o Kodokan Judô, e foi um defensor da Educação de modo integral e de uma cultura de paz.

Leia mais:

http://www.fpj.pt/o-judo/a-vida-de-jigoro-kano

https://marcosnascimento5.wordpress.com/2012/01/20/infancia-de-jigoro-kano/

http://punhodafenix.blogspot.com.br/2010/04/biografia-de-jigoro-kano.html

Anúncios

Se expresse sobre isso:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s