Oss?

No Karatê é bem comum que os praticantes cumprimentem-se com um Oss. Mas até tempos atrás, nunca tinha visto isto fora do Karatê. Pra ser sincero, estranhava ver os karatekas fazendo este cumprimento. Um amigo meu treinava Karatê, anos atrás, e as vezes eu ia assistir as aulas, e via eles usando ‘Oss’ toda hora. Na época eu treinava Judô, e lá usávamos, praticamente nas mesmas ocasiões, o ‘Onegai Shimass’, que significa ‘Por Favor’. O que seria o tal do Oss então? Vi numa revista que era uma abreviação de Onegai Shimass e, na época, me contentei com isto. Criei o costume de quando cumprimentar praticantes de Karatê falar Oss, e praticantes de Judô Onegai Shimass – embora só se use o Onegai Shimass antes de se treinar com o outro, e use-se Domo Arigato Gozaimass após o treino, enquanto que Karatekas falam Oss antes do treino, depois do treino, quando cumprimentam uns aos outros na rua, toda hora!

reigi

Depois vim a saber que o Oss não era, provavelmente, uma abreviação de Onegai Shimassu – embora esta teoria não fosse totalmente descartada. Na verdade Oss era um cumprimento entre marinheiros, típico de Okinawa – o que explica seu uso no Karatê! É formado por dois Kanji, que significam ‘pressionar’ e ‘empurrar’, num sentido de manter a força de vontade, aguentar firme, demonstrar coragem, algo assim. Quase um grito de guerra. E, acima de tudo, Oss era considerado um cumprimento rude, de marinheiros e trabalhadores braçais.

Um dia, anos mais tarde, estava a treinar Jiu Jitsu brasileiro, quando percebi que muitos praticantes, ao se cumprimentarem, falavam Oss. Quando um fez isto comigo, eu perguntei, ao final do treino, se ele já havia treinado Karatê, e ele disse que não. Estranhei, mas não falei nada. Mais ou menos na mesma época vi um artigo falando como era importante usar o Oss nos treinos de Jiu Jitsu, para demonstrar respeito ao adversário. Como chegaram a isto? Importando algo de outra arte marcial sem entender seu significado. Acharam bonito a ideia que o Karatê prega a respeito do Oss e trouxeram para o Jiu Jitsu, tentando lhe dar mais significado. Na verdade, teria sido mais lógico, dado suas origens e o objetivo que queria alcançar, terem importado do Judô o Onegai Shimass/Domo Arigato Gozaimass do que o Oss do Karatê. O Jiu Jitsu, em sua origem, no Japão, era praticado pela elite, pelos Samurai, que tinham um linguajar nobre e formal, diferente do Karatê que era praticado em Okinawa por várias classes sociais, escondidos, em uma cultura diferenciada. O Judô manteve a formalidade do Jiu Jitsu, mas no Jiu Jitsu brasileiro, baseado no Judô, esta formalidade foi perdida. Visando criar ou restaurar regras de etiqueta para o Jiu Jitsu brasileiro, as vezes alguns conceitos errôneos ou modismos têm sido adotados, como este do Oss. E mais, o Oss tem sido usado no Jiu Jitsu brasileiro e até mesmo no MMA como se fosse algo tradicional deles – até nos (poucos) treinos de Muay Thai que frequentei no começo do ano fiquei com a impressão de ter ouvido alguém falar isso -, mas qualquer pessoa mais velha saberia dizer que até poucos anos não se usava isto no Jiu Jitsu. Oss é um cumprimento do Karatê!

Claro, o fato em si de terem adotado algo assim não é ruim, per si. É ótimo que tentem incutir o respeito, de qualquer forma que seja, entre praticantes de artes marciais. Só acho que os contextos devem ser explicados. De minha parte, respondo Oss se alguém fala isso para mim, por respeito, mas não cumprimento ninguém assim. Treino Aikidô, antes treinava Judô, e nestes Budô segue-se a etiqueta (reigi) tradicional de pedir por favor (Onegai Shimass) para o parceiro de treino antes de treinar, a agradecer polidamente (Domo Arigato Gozaimass) após treinar. Por louvável que seja a atitude dos Jiu Jitsukas brasileiros, é claramente uma costura numa colcha de retalhos.

Anúncios

Uma ideia sobre “Oss?

  1. Helton dos Santos Autor do post

    Um adendo!

    Não sou falante de japonês, por isso as vezes posso cometer alguns erros… No caso do agradecimento ao final do treino, o correto seria usar outro ‘tempo verbal’ na frase, e ao invés de ‘Domo arigato gozaimass(u)’, falaríamos ‘Domo arigato gozaimashita’, que está no passado, de forma que estaríamos assim agradecendo pelo treino que acabou de acontecer. Arigato gozaimass se presta a algo que vai acontecer ainda.

    Falantes de japonês, por favor, se viram algum erro, me corrijam (na cara dura!!!!).

    Curtir

    Resposta

Se expresse sobre isso:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s