Arquivo da categoria: Judô

Ne waza no Judô

Existe todo um mimimi de que o Kodokan Judô não tem Newaza, ou de que ele é pouco eficiente, incompleto, falho, coisas assim. Sem desmerecer o BJJ, que levou o newaza para outro nível, de fato, por ter escolhido se especializar nesta área, mas o Judô tem e sempre teve sim um Newaza eficiente e completo. Em livros antigos podemos encontrar ilustrações de muitas técnicas, várias delas inclusive que sempre foram proibidas nas competições do Kodokan, como as chaves de perna (ashi kansetsu).

“Mas então cade os Judokas que fazem isso?”, você me pergunta. E eu respondo: são poucos mesmo… A maioria dos mestres de Judô, ao longo da história, sempre preferiu focar o Tachi waza (ou Nage Waza para ser mais específico). E, bem… tem a polêmica declaração que vou dar agora, sem o minimo desejo de causar tretas… mas os Gracie da primeira geração são ótimos exemplos de JUDOKAS que faziam isto… (qualquer coisa, de uma relembrada neste texto).

Os vídeos a seguir apresentam uma boa visão do Continuar lendo

Jita kyoei desenhado, pra quem não entendeu ainda

Me acusem de radical a vontade, mas o fato é que se uma pessoa diz praticar Judô e não sabe o que é Jita-kyoei, para mim ela não pratica Judô; é preferível não saber o que é O-soto-gari! Jita kyoei é, nada mais, nada menos, que, segundo o próprio fundador do Judô (palavras dele!), o objetivo final da prática do Judô. Sei que é chocante, mas não é ganhar competições o objetivo do Judô. Muitas pessoas podem estar se sentindo enganadas agora, pois foi isso que pensaram a vida toda!!! Rs.

Continuar lendo

Jigoro Kano

Jigoro Kano era filho de Jirosaku Mareshiba Kano, funcionário da Marinha Japonesa, e Sadako Kano, filha de um rico fabricante de sake. Tinha dois irmãos e duas irmãs. O sobrenome Kano vem da mãe: seu avô materno não teve filhos homens para herdar seus bens e continuar a familia, por isso Jirosaku consentiu em se tornar membro da família da esposa – um costume comum no Japão antigo, especialmente quando a família da noiva era mais influente ou mais rica.

Jigoro nasceu em 28/10/19860, Continuar lendo

Respeite seu adversário!

É um cena comum ao assistirmos competições esportivas: após muito esforço e desgaste, um dos competidores (ou todos com exceção de um) perde, e outro ganha. Emocionado pela vitória, o vencedor da gritos de alegria, comemora com a torcida, se ajoelha, agradece aos Deuses, faz diversos gestos com as mãos (socos no ar, coisas assim), e, dependendo da sua índole e do respeito (ou da falta de) que tem pelo adversário, de alguma forma o humilha, o xinga, o despreza.  Continuar lendo

Judô, Jiu Jitsu e Defesa pessoal

O Judô ou Jiu Jitsu vem sendo considerado uma arte marcial eficaz para defesa pessoal há muito tempo. Na verdade a Defesa Pessoal sempre foi o principal aspecto pelo qual estas artes marciais ganharam fama. Nos últimos anos, porém, há certos indivíduos que tem considerado que as artes marciais tradicionais não são o melhor a nível de defesa pessoal, tendo preferido cada vez mais certas lutas e sistemas desenvolvidos unicamente para defesa pessoal, como o Krav Maga, por exemplo.  Continuar lendo

Porque no Judô só temos um Shihan, e no Aikidô temos vários?

por Helton dos Santos

 

Ainda falando sobre as diferenças entre Judô e Aikidô…

No Aikidô alguns Sensei, normalmente após atingirem o 6º Dan, recebem o título de Shihan, pela Aikikai. Pesquisando em várias postagens não consegui achar uma regra clara e que não deixe dúvidas sobre quando o praticante pode receber este título, mas o fato é que ele ou ela torna-se um representante do Aikidô, um responsável pela transmissão dos conhecimentos, de modo oficial, a partir de então. É comum vermos associações e organizações de Aikidô, encabeçadas por um Shihan, que Continuar lendo

Qual a diferença entre Judô e Aikidô?

por Helton dos Santos

 

Pois é, me fizeram esta pergunta recentemente. Não é tão difícil de pensar numa resposta, mesmo sob a pressão de um dialogo, quando você não tem tempo para raciocinar. Mas será que a resposta, que facilmente agrada a um leigo (e se a pessoa não for leiga não vai fazer uma pergunta dessas), esta realmente correta? Será que a diferença entre o Aikidô e o Judô realmente é esta que você falou? Continuar lendo